(62) 9236-5771 / (62) 9636-4838

Construindo sonhos...

Tópicos

  • As Plantas Aqúaticas



    vitória-régia
    É uma planta aquática gigante e rizomatosa, nativa da Amazônia. Suas folhas são circulares, enormes, podendo alcançar 2,5 metros de diâmetro, e flutuantes, com bordos elevados em até 10 cm, que revelam a página inferior espinhenta e avermelhada. Esta face inferior apresenta uma rede de grossas nervuras e compartimentos de ar responsáveis pela flutuação da folha. A superfície da folha ainda apresenta uma intrincada rede de canais para o escoamento da água, o que também auxilia na sua capacidade de flutuar, até mesmo sob chuvas fortes.


    Acorus
    Cana-cheirosa, Cálamo-aromático, Açoro, Acoro, Acorus É espontânea no seu local de origem, crescendo em bancos de areia junto a cascatas, podendo ficar semi-submersa na água, desde que esta tenha pouca correnteza, como nos pântanos. Para cultivar, escolher as áreas junto a laguinhos onde receba muito sol e tenha bastante umidade no solo, que deverá ser rico em matéria orgânica. Para ornamentar laguinhos, colocar um pedra dentro dele, o vaso com o acorus plantado deixando que o fundo do vaso fique com uma parte submersa..




    Ninféia
    É uma planta ornamental e aquática que embeleza os lagos, sendo que o gênero Nympheae abrange uma grande veriedade de plantas, entre eles a ninféia azul, a ninféia branca e a ninféia vermelha. folhas arredondadas, profundamente cordiformes, com pedolos relativos à altura das águas, verdes reluzentes por cima e roxas por baixo. As flores, que são brancas, abrem-se à noite e fecham-se depois que o sol esquenta. As raízes são adstringentes e altamente narcóticas.

     

     

     

     

     

    Desenvolvido por Paulo Batista (Paulo Cascata)